Na passada sexta-feira, 06, foi a primeira premiere de “The Friend” no mundo e foi situada num dos maiores festivais de filmes, o Toronto International Film Festival no Canadá! A diretora Grabiela Cowperthwaite, o escritor Matthew Teague marcaram presença lá tal como a Dakota e o Jason Segel, que interpreta Dane. A equipa antes e depois do screening teve a fornecer entrevistas sobre o filme e uma delas foi para o ET Canada, podem a conferir aqui em baixo:

Entrevistador: [The Friend] É um filme muito comovente, não eram apenas lágrimas. Também tem humor lá. Podemos falar sobre como vocês usaram o humor para ajudar no processo da dor? E porque é tão importante manter isso?
Dakota: Porque a vida é dolorosa e hilária.

E: O quanto te foi dito para intrepretares a Nicole? Como isso te afetou?
D: Eu estava sensível na maioria das vezes enquanto filmavamos. Mas foi muito emocionalmente aberto, muito pesada mas nunca foi exigente. Foi como se fosse a coisa certa a ser feita, eu não sei exatamente como explicar isso meio que pareceu como se fosse preciso acontecer.

E: Todos nós que assistiram o filme falaram muito sobre a ideia de um amigo como o Dane e vocês têm um amigo como o Dane? Ou vocês poderiam ser um amigo como o Dane? Se algo assim acontecesse com um amigo acham que poderiam entrar dessa maneira?
D: Eu acho que eu poderia ser.

E: Como foi trabalhar com a Violet e a Isabella?
D: Foi muito lindo, elas são tão divertidas e elas trouxeram muita luz para o set especialmente quando havia momentos pesados. Até mesmo nas localizações gravamos um pouco em alguns hospitais e aquilo foi difícil. Mas ter as meninas a correr por lá e a brincar o tempo todo meio que fez o resto da equipa brincar o tempo todo também.

E: Ajudou-te, não que precisasses de te conectar com a Nicole e no que ela estava a passar, mas acrescentou ainda mais algo para ti? Assistimos as cenas onde estás deitada na cama com elas e eu fiquei a pensar nos meus próprios filhos. A ter elas lá contigo criou uma conexão melhor para ti?
D: Sim, absolutamente. Eu não tenho filhos meus, mas eu sou uma pessoa muito maternal. Eu realmente importo-me com as pessoas e eu realmente importo-me muito com as meninas [Isabella e Violet]. Então tê-las lá foi basicamente… Em uma fração de segundo tudo dói tanto porque eu realmente as amo

E: O que vocês querem que as pessoas entendam sobre não apenas a ideia do luto, mas a plenitude da vida ao ver isso porque como disseram antes, demonstra muito isso.
D: Eu sinto que o filme é uma boa perspectiva de como é amar sem abandonar mesmo quando as coisas estão extremamente confusas e não desligar-se, excluir-se ou fechar-se para as pessoas ou com as pessoas que amas ou a tua família. É realmente determinar a tua vida. Eu acho que agora é muito mais fácil ficar desligado e desconectado e este filme é o oposto disso.

 

Na passada quinta-feira, 01, Dakota compareceu na premiere de “The Peanut Butter Falcon” no Arclight Cinemas em Los Angeles e concedeu algumas entrevistas depois de passar pelo red carpet com o elenco e a equipa do filme. Leiam abaixo uma das entrevistas em que a Dakota fala sobre o seu trabalho com o Zack e que conselhos que recebe para a vida e para a sua carreira!

Entrevistadora: “Qual foi a coisa mais emocionante sobre trabalhar neste projeto com o Zack e Shia?”
Dakota: “Apenas conhecer o Zack. Ele é a melhor coisa do planeta.”

E: “Achas que isso mudou a maneira como pensas sobre atuar ou sobre a abordagem de novos projetos?”
D: “Definitivamente mudou a maneira que eu me aproximo de trabalhar com outros atores. Zack é o ser mais aberto, puro e honesto que eu já conheci, então eu prefiro abordar todo mundo com amor e sem julgamento e é assim que deve ser. É assim que o mundo deveria ser. ”

E: “Que tipo de conselhos de vida e carreira a sua mãe e avó lhe dão?”
D: “Principalmente, assim como, não seja um idiota”.

 

FONTE

No mundo frenético e pouco detalhado de hoje, Dakota Johnson é …

o tipo mais raro de estrela: aquele que irradia o fator “it” sem dizer muita coisa. A atriz de 29 anos está empoleirada em uma poltrona de veludo em sua suíte no Chateau Marmont, iluminada sem esforço pelo sol de Los Angele. Ela está aqui para falar sobre ser um rosto da fragrância Gucci Bloom, e ela responde cada uma das minhas perguntas devagar, pensativa e com uma confiança tranquila que você poderia supor que vem de ter crescendo em Hollywood (Johnson é filha de Melanie Griffith e Don Johnson, e a neta da heroína de Hitchcock, Tippi Hedren). “À medida que envelheço, percebo que a beleza é realmente a maneira como você trata as pessoas e o efeito que você tem nas pessoas”, diz ela.

Em outras palavras, Johnson é uma forte crente no princípio das ações falarem mais alto que palavras. No outono passado, a atriz levou ao Instagram para compartilhar, de todas as coisas, o seu número de telefone. Ela incentivou as mulheres de todo o mundo para ligarem e deixarem mensagens sobre suas experiências e lutas. “Nos primeiros 30 minutos, eu tinha cerca de 8.000 mensagens de voz, o que é bastante notável”, diz ela. “Todos os dias depois daquelas duas semanas, havia cerca de 500 por dia.” As chamadas continuam a chegar e Johnson as compila em um projeto que ajudará a promover a igualdade de gênero como parte de sua embaixada com a Global Citizen. “Definitivamente não é fácil ouvir essas mensagens de voz, mas sinto que é meu dever, e quero ouvir o que as mulheres experimentaram”, diz ela.

Johnson parece valorizar o mesmo tipo de autenticidade em outros, como o diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele, com quem colaborou para a campanha de fragrâncias Bloom da marca: “Eu acho que [Alessandro] realmente gosta que as pessoas sejam quem são, em vez de fazê-las próprias em um molde “, diz ela. “Eu amo que a Gucci realmente apóia a criatividade e a integridade artística.”

No vídeo da campanha, Johnson flutua em torno de um paraíso de jardim de sonho ao lado do fotógrafo Petra Collins e da atriz Hari Nef. As imagens são evocativas da própria fragrância, uma mistura floral de tuberosa, extrato de botão de jasmim e trepadeira de Rangum. “Bloom é elegante, fresco e muito místico. Eu gosto disso”, diz ela. A família Gucci Bloom expandiu-se recentemente para incluir sabonete, creme para o corpo e névoa, que, quando combinados, aumentam o poder de permanência. Cada um é perfumado com Gucci di Fiori, uma versão suave da fragrância original.

O Gucci gig de Johnson é apenas o mais recente de uma lista que cresce cada vez mais e que inclui papéis em Fifty Shades of Grey, A Bigger Splash e, mais recentemente, Suspiria. No filme de terror psicológico sobrenatural, Johnson é uma dançarina americana, que se junta a uma companhia de balé de Berlim, controlado por um grupo de bruxas. “Ir a um estúdio de dança depois do trabalho em Fifty era uma boa maneira de se livrar do dia e saber que havia outro projeto para ansiar.” ela diz. Em seguida, ela vai estrelar outro horror, Wounds, ao lado de Armie Hammer, e The Peanut Butter Falcon ao lado de Shia Labeouf. “Eu sinto-me muito sortuda”, diz ela.

 

Traduzido por Dakota Johnson Portugal

Dakota Johnson pode não compartilhar toda a sua vida na Internet, mas isso não significa que ela não tenha muito a dizer ou que não esteja preparada para falar sobre assuntos importantes.

Por exemplo, em outubro de 2018, a atriz fez uma parceria com a Global Citizen e publicou o seu número de telefone no Instagram (a única foto em seu feed), para que mulheres que sofreram assédio sexual, métodos perigosos de contracepção ou qualquer tipo de desigualdade compartilharem as suas histórias por conta própria e sem julgamento.

E quando ela pulou no telemóvel connosco para discutir a sua parceria de fragrâncias com a Gucci para o novo perfume, Gucci Bloom Nettare Di Fiori , ela não foi hesitante para falar sobre as flutuações hormonais que vêm com período de uma mulher, ou a importância da educação reprodutiva.

Algumas pessoas têm uma conexão realmente pessoal com a fragrância. Eles usam um perfume e usam aquele perfume para o resto da vida. Outros estão tentando algo novo o tempo todo. Qual método você segue quando se trata de fragrância?

Eu mantenho os mesmos aromas. Meu olfato é muito forte, então eu lembro-me das pessoas pelo jeito que elas cheiram. Lugares, casas das pessoas. Isso evoca muitas lembranças e emoções em mim. A minha mãe sempre cheirou o mesmo, e eu acho isso realmente lindo. Acho cheiro uma coisa muito pessoal. Há também momentos em que as pessoas usarão um certo perfume e eu tenho que sair da sala.

Há um cheiro que sempre me lembra da minha avó, e isso acorda-me quando sinto o cheiro. O que é um perfume especial que evoca uma memória forte para você?

Eu acho que é o perfume da minha mãe. É uma coisa engraçada, mas sempre que eu a vejo, ela sempre cheira da mesma forma, então eu sinto-me imediatamente confortável e segura.

Eu fui ver Bad Times no El Royale com meu namorado e ele disse: “Aposto que você gostou muito da franja de Dakota”. E eu realmente, na verdade! Como você se sente sobre sua franja?

Eu sinto que sou muito ligado a elas, mas também tenho que mudar quando trabalho. Então, é legal que quando não estou a trabalhar eu tenho o “meu” corte de cabelo. Eu cortei minha própria franja com uma tesoura de unhas e foi um desastre total. Eu finalmente estava tipo, eu preciso de um corte de cabelo profissional, porque eu estava a fazer isso sozinha.

Digamos que lhe entreguei US $ 30 para entrar numa drugstore, o que você compraria? 

Eu provavelmente iria receber grampos de cabelo e doces e colírio. Chiclete. Grampos.

Qual é a única pergunta não respondida que você ainda tem sobre beleza?

Se eu for honesta, minhas alterações hormonais durante o meu ciclo menstrual estão a arruinando a minha vida. Todo mês. É inacreditável. É realmente incrível. Eu não me consigo controlar. Eu sou tipo, “O quê?!” Toda vez, estou totalmente escandalizada sobre o que acontece com meu corpo e meu cérebro. O meu peito fica oito vezes o tamanho que eles normalmente são. É realmente uma coisa traumática e acontece todos os meses. Eu simplesmente não consigo me acostumar com isso.

É meio milagroso o quanto seu corpo pode mudar e mudar. Você está tipo, ‘O que há de errado comigo ?!’ E então você percebe. É insano.  É realmente muito insano. 

Também é muito difícil descobrir em que tipo de controle de natalidade tens de estar e se é saudável. Isso é algo que, novamente, estou defendendo com a Global Citizen: educação reprodutiva. O que significa ter um corpo de mulher e como você honra o caminho certo? Como você não atola as substâncias químicas em seu cérebro para se sentir bem? É uma coisa notável. Eu realmente gostaria de entender e ser capaz de gerenciar as coisas um pouco melhor, saber o que está acontecendo no meu corpo e saber o que estou colocando nele.

Traduzido por Dakota Johnson Portugal
FONTE

Qual foi o seu primeiro encontro com a Gucci?

A primeira vez que fui ao gala do LACMA há alguns anos atrás. Naquela ocasião, conheci Alessandro Michele, diretor de criação da empresa. Eu estava muito nervosa porque sabia o que significava estar ali; Ele aproximou-se de nós e começamos a conversar, e foi aí que surgiu a idéia de ser a cara da campanha do perfume Bloom. Um momento incrível na minha carreira.

Você se lembra do que estava vestindo na festa de gala do LACMA?

Eu não me lembro como o meu vestido era, o que eu me lembro é que eu decidi pentear o cabelo e pintar como costumo fazer todos os dias. Eu ainda não sei se foi um sucesso ou um faux pas.

Como você descreveria o Gucci Bloom?

Intrínseco, místico e envolvente.

O que Gucci Bloom transmite?

Usar Gucci Bloom é como viver em um jardim transbordando de flores.

Qual é a importância de usar perfume?

É uma arma de sedução. Um bom perfume apaixona-se por quem quer que seja.

Você acha que perfume é um selo pessoal?

Quando o aroma do perfume está alinhado com quem o usa, o perfume torna-se uma lembrança vívida. É definitivamente outro motivo para lembrar a pessoa.

Qual é o seu ingrediente favorito dentro da Gucci Bloom?

As notas do nardo, são fortes e frescos e evoluem ao longo das horas na pele.

Traduzido por Dakota Johnson Portugal
FONTE