Bem vindos á Dakota Johnson Portugal, maior e melhor fonte de informações sobre a atriz Dakota Johnson, mais conhecida por dar a vida à personagem Anastasia Steele em as “Ciquenta Sombras”, em Portugal. Aqui vais encontrar todo o tipo de notícias, desde aparições, novos projetos, cada detalhe dos seus trabalhos, entrevistas e muito mais. Não somo a Dakota e não mantemos qualquer tipo de contacto com a mesma. Não temos contacto com seus agentes, familiares ou amigos. Todo o conteúdo encontrato no site pertence ao site até que seja informado o contrário. Site de fãs para fãs, sem fins lucatrivos. Visite cada página e volte sempre!
28.05

Famosa mundialmente depois de interpretar Anastasia Steele na trilogia “50 Sombras de Grey”, Dakota Johnson diz que ainda está impressionada por ter milhões de seguidores nas mídias sociais. Mas, apesar de seu sucesso, e tendo pais famosos como Melanie Griffith e Don Johnson, além de uma avó como Tippi Hedren, ao conhecê-la, é fácil perceber que a fumaça não subiu à sua cabeça.

Aos 30 anos, ela leva uma vida bastante simples, atualmente morando em uma casa nas colinas de Hollywood com seu parceiro, o cantor do grupo Coldplay, Chris Martin, ex-marido de Gwyneth Paltrow.

Ela diz que tenta se manter ocupada, “Pois focar no trabalho me ajuda a escapar da minha mente, que é muito acelerada”. Agora ela está prestes a lançar seu último filme, a comédia “The High Note”, e acaba de lançar o vídeo “Cry, Cry, Cry”, que ela mesma produziu dirigindo ninguém menos que o próprio Chris Martin. Essa é a sua popularidade que levou 68 milhões de pessoas a ouvir a música no dia da estréia.

Nós a entrevistamos virtualmente porque ela está em quarentena. Dakota estava nos escritórios de sua produtora, com uma decoração super minimalista. Ela descreve com entusiasmo seu novo filme, que será lançado no VOD, “como a história de uma diva e cantora de topo e o relacionamento que ela tem com seu jovem assistente, que aspira ser mais do que apenas uma garota de recados”.

Como você conseguiu superar os aspectos negativos desse setor?

É difícil. É muito mais fácil quando você não está no noticiário. O negativo eu comparo com o barulho dos mosquitos. Quando eu cresci e aprendi sobre a fama, a mídia social não existia. Meus pais eram atores famosos, mas naquela época havia uma versão muito diferente da fama. Era muito físico, com muito barulho. Quando saímos em público, muitas pessoas nos cercaram, uma situação que me assustou. Agora é algo muito mais incógnito, você não tem idéia de quem são essas pessoas que seguem você e comentam sobre você nas redes sociais. É muito difícil normalizar uma situação que não é normal. Eu tento fazer o meu melhor, como focar no meu trabalho e interpretar papéis que esperam excitar os espectadores.

O que seus pais o aconselharam sobre a fama?

Nada, porque eles ainda estão tentando descobrir.

Você geralmente é guiada por sua intuição?

Eu tenho um relacionamento muito interessante com a intuição. Eu sonho muito, tenho sonhos muito reais e selvagens e presto atenção a eles. Eu sou totalmente intuitiva. Quando você está totalmente conectado ao sexto sentido e ao Universo, sabemos que estamos no caminho certo, mesmo que possa ser um pouco doloroso.

Você pode dar um exemplo do seu sexto sentido?

Sonhei com tubarões e no dia seguinte uma pessoa próxima começou a conversar comigo sobre tubarões. Coisas pequenas e maiores, como acordar me sentindo enjoada como uma reação a um sonho que me incomodou. Mas o que estou dizendo não é que estou dizendo que sou uma bruxa.

Tem sido difícil para você estar na casa durante a quarenta?

Eu acho que é muito difícil para todos onde quer que estejamos, de onde eles são e quem eles são. Sinto uma grande ansiedade em relação ao mundo e ao nosso planeta. Tenho muita sorte de morar em minha casa em Los Angeles, de ter uma família e amigos que me apoiam. Em relação aos altos e baixos dos seres humanos, para mim cada dia é diferente. Eu tento fazer o meu melhor e ser legal com as pessoas. Quanto a dormir à noite, não sei, estou tomando muita melatonina. Penso continuamente no que está acontecendo e é difícil para mim adormecer. Às vezes, minha mente se volta para lugares muito escuros, minha mente galopa a um milhão de quilômetros por hora e eu precisei trabalhar nisso com muita terapia. Sou bastante deprimida, sinto o mundo completamente.

E como você consegue relaxar?

Há muitos anos pratico ioga e meditação. Eu acho que estaria totalmente perdido sem ela. É muito melhor do que terminar todas as noites totalmente bêbada. Penso que agora precisamos aceitar qualquer coisa que possa nos ajudar a melhorar e poder cuidar das pessoas ao nosso redor.

Para seu próximo filme, “The High Note”, Dakota Johnson estava muito preparada no aspecto musical. “Tive aulas de piano porque não toco desde que eu era pequena, como a protagonista. Mas eu passei muito tempo em estúdios de música e gravação, então eu entendo as vibrações que acontecem por lá. Para me preparar, passei muito tempo com minha amiga Annie Clark, que é produtora musical. Eu observei-a por alguns dias e a peguei “, diz ela.

Na vida real, tu usas-te as suas habilidades musicais dirigindo o novo video clipe de “Cry, Cry, Cry” do seu parceiro, o cantor Chris Martin, e o grupo Coldplay.

Foi uma experiência incrível e especial. Foi uma honra fazer este vídeo, trabalhar com Chris e com a qualidade dos artistas que participaram. Significou muito para mim, fiquei agradecida por ter essa oportunidade.

Como você os levou a aceitar suas idéias?

Eu escrevi a história e a apresentei ao Coldplay como qualquer outro diretor, e eles acabaram escolhendo minha versão, não porque eu tivesse uma conexão especial.

Você sugeriu incorporar as cenas de dança?

Sim, eu era dançarina quando era mais nova, sempre gostei de dançar. Eu acho que é uma forma não verbal. Quero mostrar uma realidade fora do tempo e o melhor dos videoclipes é que você pode brincar com a realidade sem dar explicações. Não importa que o que é exibido não faça sentido.

Como você se sentiu dirigindo o seu namorado?

Sou muito privada sobre minha vida pessoal, então prefiro não dar muitos detalhes. Fiquei muito agradecida por ter essa experiência, fui inspirada a co-dirigir e produzir o vídeo e adoro a música. Eu me senti como num sonho. Gostei de música a vida toda. Meus pais tocavam música o tempo todo em nossa casa. Meu pai era amigo de muitos músicos. Eu realmente consigo entender música, gosto de falar sobre isso, tem sido algo muito importante na minha vida.

Em que sentido?

Isso salva a minha alma todos os dias, como por exemplo, ontem à noite, quando eu estava preparando o jantar estava ouvindo músicas de Leonard Cohen. Também recentemente, foi lançado o álbum Genius Perfume que me mata, é muito especial e Laura Mailing lançou outro álbum fantástico que perfura meu coração.

Fonte: LUN
Tradução e Adaptação: Equipa DJPT

Layout por Lannie D | Host por Flaunt Network
Todos os direitos reservados a \\\\\\\\\\\\ Dakota Johnson Portugal \\\\\\\\\\\\